Guia de Compras Celulose e Papel

Guia de Compras Celulose e Papel

logo_abtcp.png


Setor de base florestal investiu R$ 7,2 bilhões em 2017

Publicação
Setor de base florestal investiu R$ 7,2 bilhões em 2017
Ibá divulga Sumário com resultados econômicos,
industriais e socioambientais de 2017 do segmento
 
A Indústria Brasileira de Árvores (Ibá) lança o Sumário Executivo 2018, em que apresenta indicadores econômicos, sociais e ambientais do setor brasileiro de árvores plantadas para fins industriais, referente ao ano de 2017; e que coloca o setor como referência mundial e uma das grandes forças da economia brasileira.
 
De acordo com os levantamentos estatísticos realizados por Ibá e Pöyry, e com apoio das empresas associadas à Ibá, os investimentos no setor chegaram a R$ 6,7 bilhões, divididos em R$ 3,2 bilhões nas florestas e R$ 3,5 bilhões na indústria. Foram ainda aplicados mais R$ 497 milhões em programa socioambientais, que beneficiaram 1,2 milhão de pessoas. A indústria de árvores plantadas foi responsável por cerca de 3,7 milhões de empregos diretos, indiretos e resultantes do efeito renda.
 
A área total de árvores plantadas no Brasil alcançou 7,84 milhões de hectares em 2017, além de conservar e preservar outros 5,6 milhões de hectares de áreas naturais nas formas de Áreas de Preservação Permanente (APPs), áreas de Reserva Legal (RL) e áreas de Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPNs). As áreas certificadas por programas internacionais, reconhecidas ferramentas para a gestão florestal ambientalmente responsável, socialmente adequada e economicamente viável, somam 5,8 milhões de hectares.
 
Em um período marcado por adversidades e um cenário político-econômico conturbado, o Produto Interno Bruto (PIB) do setor somou R$ 73,8 bilhões, representando 1,1% do PIB Nacional e 6,1% do Industrial. A balança comercial do setor alcançou números inéditos com superavit de US$ 9 bilhões (+14,6%).
 
A celulose brasileira bateu recorde, em 2017, com 19,5 milhões de toneladas produzidas, sendo 67% para exportação. Com isso, o Brasil garantiu a 2ª posição no ranking de maiores produtores mundiais de celulose, a frente de Canadá e a China.
 
Com relação à produção de papel, foram 10,5 milhões de toneladas fabricadas, sendo 100% de floresta plantada. O Brasil continua entre os dez principais produtores mundiais de painéis de madeira, somando um total de 7,9 milhões de m³ de painéis. O setor de pisos de madeira somou 11,9 milhões de m³ produzidos. Já a participação do segmento na produção de carvão vegetal somou 4,5 milhões de toneladas, consolidando o Brasil como líder mundial na produção de aço a partir do carvão vegetal, o chamado aço verde.
 
Confira estes e outros índices do setor no Sumário Ibá 2018, disponível para download aqui.

 

 

Esta publicação fala sobre
Para procurar por publicações similares, clique
nos temas acima ou nos textos listados ao lado.
Você também pode realizar uma pesquisa
no campo superior desta página.
Você pode ainda publicar seu comentário logo abaixo, assim como mandar sua sugestão por e-mail.


Sobre o site

Este projeto digital foi concebido para proporcionar a você uma nova experiência de leitura dentro do setor de celulose e papel. Produtos são sugeridos nas diversas telas de forma aleatória ou conforme o tipo de busca. Visite o Guia e experimente!

Institucional

Conheça aqui a rede de comunicação da ABTCP - Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel.

Contato

Entre em contato com a ABTCP, seja para anunciar, enviar sugestões ou tirar dúvidas sobre nossas publicações.

GUIA DE COMPRAS CELULOSE E PAPEL logo_abtcp_footer.png

Guia de Compras | ABTCP | 2011 Todos os direitos reservados